Catarinense Charly Wendy indicada ao quadro FIFA

CBF pediu à FIFA a ampliação de indicações em razão do aumento de competições de futebol feminino no país e da notória qualificação técnica e física de árbitrasCharly Wendy em testes físicos realizados neste ano no Curso RAP-FIFA – Créditos: Thais Magalhães/CBF

A CBF, por meio da Comissão de Arbitragem, solicitou à FIFA a ampliação do número de árbitras e árbitras assistentes no Quadro Internacional, em razão do aumento do número de competições de futebol feminino no país e da notória qualificação técnica e física das nossas oficiais de arbitragem.

A entidade máxima do futebol, no dia 18 de novembro, respondeu positivamente ao pleito e autorizou a inclusão de mais uma árbitra e uma árbitra assistente já para o ano de 2020. Com essa ampliação no número de vagas, a CBF indicou os nomes da árbitra Charly Wendy Straub Deretti, de Santa Catarina, e da árbitra assistente Bárbara Roberta da Costa Loiola, do Pará, para serem analisados pelo Departamento de Arbitragem da FIFA. Caso sejam aprovadas, serão confirmadas no início do próximo ano.

Este era um pleito antigo da CBF, que, com apoio da Comissão de Arbitragem da Conmebol, foi aprovado pela FIFA. Nos últimos anos, a arbitragem feminina no Brasil apresentou grande avanço na performance, com muitas árbitras e assistentes completando o teste físico masculino, habilitando-se a atuar também nas competições de futebol profissional masculino, além de apresentarem excelente nível técnico – comenta Leonardo Gaciba, presidente da Comissão de Arbitragem da CBF.

Fonte: CBF