Bráulio da Silva Machado apita final entre Avaí x Chapecoense

Rafael Traci será o árbitro responsável pelo VAR no jogo decisivo na Ressacada

Braulio_0Bráulio vai para a terceira final consecutiva na carreira (Foto: Bruno Cantini, Atlético-MG)

Em audiência pública realizada nesta quinta-feira, a Federação Catarinense de Futebol (FCF) definiu que Bráulio da Silva Machado vai apitar a final entre Avaí e Chapecoense. O duelo acontece no domingo, às 16h, na Ressacada, e vale o título do Estadual 2019. Rafael Traci será o árbitro responsável pelo VAR. Desta maneira, eles voltam a trabalha juntos, assim como foi na final entre Figueirense e Chapecoense, ano passado, na Arena Condá, quando o Alvinegro foi campeão. Nas semifinais deste ano, o árbitro de vídeo já esteve disponível.

Bráulio terá como auxiliares Helton Nunes e Alex dos Santos. Diretor da comissão de arbitragem, Marco Antônio Martins explicou a escolha da arbitragem para a final do Catarinense 2019. De acordo com ele, os árbitros de Santa Catarina figuram entre os melhores do Brasil e, por isso, era algo esperado que fossem escolhidos para o jogo que vai apontar o campeão catarinense da temporada.

– É uma escalação considerada natural. O Bráulio é um dos melhores do Brasil e é o árbitro FIFA de Santa Catarina. O Traci é apontado pela CBF como um dos melhores árbitros de vídeo do País. E nós, da comissão, nos cercamos de todas as condições para que possam trabalhar com tranquilidade no domingo. Eles estarão focados, concentrados, desde sábado. Torço para que a final ocorra com boa arbitragem, assim como foi ao longo do Catarinense, e com pouca interferência deles em campo – disse Marco Antônio Martins.

traciApontado pela CBF como um dos melhores árbitros de vídeo do País, Rafael Traci será o AV da final – Créditos: João Moretzsohn / CBF

Formado em Educação Física e aos 39 anos, Bráulio conquistou o escudo da FIFA neste ano, algo que almejava desde que se tornou Aspirante FIFA, em 2015. Será a terceira final da elite da carreira dele. No ano passado, apitou o jogo do título do Figueirense sobre a Chapecoense, na Arena Condá, quando o Estadual teve pela primeira vez o VAR como recurso. Em 2016 e 2017, esteve em campo nas vitórias da Chape contra Avaí e Joinville, respectivamente. Antes, em 2014, atuou na conquista do Figueira frente o JEC.

O currículo de Bráulio, catarinense de Laguna, ainda constam as finais da Copa SC de 2011 (Joinville 4 x 0 Brusque), da Segunda Divisão de 2012 (Camboriú 1 x 1 Atlético Ibirama) e da Terceira Divisão de 2017 (Blumenau 4 x 2 Curitibanos) e 2018 (Próspera 1 x 1 Itajaí). A nível nacional, esteve como árbitro nas decisões da Série D de 2015 (Botafogo-SP 3 x 2 River-PI), da Série B de 2016 (Atlético-GO 2 x 1 Bahia), Série A de 2017 (Corinthians 3 x 1 Fluminense) e da Primeira Liga de 2017 (Londrina 0 (4) x (3) 0 Atlético-MG)

Nesta temporada, Bráulio apitou 12 partidas, sendo sete delas pelo Catarinense, onde aplicou 39 cartões amarelos e um vermelho. Cinco dos jogos tinham Avaí ou Chapecoense em campo. O último duelo mediado pelo árbitro no Estadual foi a vitória do Criciúma, por 1 a 0, sobre o Metropolitano, em Blumenau, pela 16ª rodada. Também atuou em dois jogos pela Copa Sul-Americana, dois no Sul-Americano Sub-17, no Peru, e outro na Taça Libertadores da América.

Fonte: NSC Total

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>