Destaques do Campeonato Catarinense 2013 recebem prêmio Top de Bola

Na arbitragem foram premiados Heber Roberto Lopes, Nadine Schramm Câmara Bastos e Kleber Lucio Gil

7Florianópolis, 20 de Maio de 2013 – A Federação Catarinense de Futebol, o Grupo RBS e a RBS TV promoveram nesta segunda-feira (20) a festa de encerramento do Campeonato Catarinense de Futebol de 2013. A premiação é uma realização da Federação Catarinense de Futebol com apoio da Associação de Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina e do Instituto Mapa. A cerimônia de premiação teve inicio as 19hs e foi realizada no Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), em Florianópolis.

Além dos destaques eleitos pela mídia especializada, que receberam o Prêmio Top da Bola 2013, a Federação Catarinense de Futebol ofereceu premiações especiais ao artilheiro, ao goleiro menos vazado e à equipe mais disciplinada do Catarinense Chevrolet 2013.

Na cerimônia apresentada por Giovani Martinello e Suyanne Quevedo, foram entregues os prêmios Top da Bola, resultado de uma pesquisa feita pelo Instituto Mapa que premia os maiores destaques do Campeonato Catarinense. Os vencedores foram escolhidos por jornalistas, comentaristas e narradores, que representam jornais, sites, rádios e TVs de Santa Catarina.

O Criciúma foi o grande vencedor da edição 2013 do Instituto Top da Bola, que premia os melhores jogadores do Campeonato Catarinense. Das 16 premiações, o time do Sul do estado faturou em nove categorias.

A seleção do Catarinense contou com o goleiro Bruno (Criciúma), lateral direito Sueliton (Criciúma), zagueiros Matheus Ferraz (Criciúma) e Rafael Lima (Chapecoense), lateral esquerdo Marlon (Criciúma), volantes Elton (Criciúma) e Wanderson (Chapecoense), meias Marquinhos Santos (Avaí) e Nenem (Chapecoense), atacantes Lins (Criciúma) e Rafael Costa (Metropolitano).

Oswaldo Alvarez, o Vadão do Criciúma, foi o melhor técnico, vencendo Gilmar Dal Pozzo (Chapecoense), o segundo colocado, e Adilson Batista (Figueirense), o terceiro. Houve, ainda, prêmios para o melhor árbitro, Heber Roberto Lopes, e os assistentes Kleber Lúcio Gil e Nadine Câmara Bastos, eleitos os melhores da arbitragem, sendo este o trio que trabalhou na decisão entre Chapecoense e Criciúma.

Confira a lista de todos os premiados:

Seleção de ouro: Bruno (CRI); Sueliton (CRI), Matheus Ferraz (CRI), Rafael Lima (CHA) e Marlon (CRI); Elton (CRI), Wanderson (CHA), Marquinhos (AVA) e Nenén (CHA); Lins (CRI) e Rafael Costa (MET). Técnico: Vadão (CRI)

Seleção de prata: Nivaldo (CHA); Alessandro (MET), André Paulino (CHA), Douglas Silva (FIG) e Rafinha (MET); Andrei (MET), Paulinho Dias (CHA), Ivo (CRI) e Marcelo Costa (JOI); Jean Carlos (IBI) e Rodrigo Gral (CHA). Técnico: Gilmar Dal Pozzo (CHA)

Seleção de bronze: Ricardo (FIG); Eduardo (JOI), Alemão (IBI), Fábio Ferreira (CRI) e Fabinho Gaúcho (CHA); Alê (AVA), Willian Magrão (FIG), Arthur Maia (JOI) e Diego Felipe (CHA); Fabinho Alves (CHA) e Reis (AVA). Técnico: Adilson Batista (FIG)

Craque do campeonato (pela ordem de premiação): Marquinhos (Avaí), Lins (Criciúma) e Rafael Costa (que disputou pelo metropolitano)

Revelação (pela ordem de premiação): Bruno (goleiro, do Criciúma), Andrei (volante, que defendeu o Metropolitano) e Alemão (zagueiro, de disputou pelo Atlético-IB)

Preparador físico (pela ordem de premiação): Anderson Paixão (Chapecoense), Luís Fernando Goulart (Criciúma) e George de Castilhos (Avaí)

Árbitros (pela ordem de premiação): Heber Roberto Lopes, Paulo Henrique de Godoy Bezerra e Célio Amorim.

Assistentes (pela ordem e em duplas): Kleber Lúcio Gil e Nadine Schramm Câmara Bastos; Carlos Berkenbrock e Helton Nunes; Ângelo Rudimar Bechi e Rosnei Hoffmann Scherer.

8