Avaliação dos árbitros e assistentes de Santa Catarina

03Em Santa Catarina, as avaliações para os árbitros e assistentes que pretendem compor o quadro que atuará nas competições organizadas pela Federação Catarinense de Futebol foram realizadas nos dias 17 e 18 de janeiro, em Itajaí, na pista sintética da Fundação Municipal de Esportes e Lazer.

No sábado foram aplicadas as avaliações físicas e teóricas para os árbitros assistentes e no domingo os testes físicos para os árbitros, seguidos das avaliações teóricas.

O presidente da ANAF e do Sinafesc, Marco Antônio Martins, saudou os participantes dos testes, lembrando que as entidades que representam a categoria, tanto no âmbito nacional como no estado, são parceiras nas atividades preparatórias da temporada. “O nosso objetivo é fortalecer a unidade e trabalhar para que tenhamos em 2015 uma arbitragem valorizada e bem preparada”, disse Martins, citando que nas próximas semanas acontecerão dois eventos importantes em seu estado: o seminário da arbitragem catarinense e a pré-temporada em Nova Veneza, sempre com a participação da ANAF e do sindicato.

Atividades

No primeiro dia foram submetidos aos testes 114 candidatos ao quadro masculino de assistentes da FCF. No período matutino, 101 candidatos ao quadro de árbitros assistentes realizaram os testes físicos. Os testes compreenderam 6 percursos de 40 metros, no tempo máximo de 6,4 segundos, com intervalos de 1,5 minutos entre os percursos.

Após os tiros de 40 metros, com 7 minutos de intervalo, os candidatos realizaram 20 percursos de 150 metros, no tempo máximo de 35 segundos cada e num intervalo de 45 segundos.

A estratégia da Comissão de Arbitragem para atenuar o calor foi extremamente válida, com o teste iniciando às 8 horas da manhã, os candidatos não sofreram tanto com o forte calor do verão catarinense, num dia clássico de altas temperaturas.
O aproveitamento físico foi satisfatório os assistentes não pertencentes ao quadro da CBF agradou o Presidente da Comissão de Arbitragem Luiz Carlos Espindola Gonçalves. – Não tivemos nenhuma ocorrência de insuficiência física nos testes da manhã e isso nos deixa bastante satisfeitos pela preparação dos candidatos, comentou.

A partir das 15 horas, 114 candidatos foram submetidos à avaliação teórica, realizada na Câmara Municipal de Vereadores de Itajaí, localizada anexo ao complexo esportivo da FMEL. O teste teórico é composto por 25 questões de múltipla escolha, onde os candidatos precisam atingir a média 7,0. Todas as questões valem 2,5 pontos.

Após a realização da prova teórica, os 13 árbitros assistentes filiados à FCF e pertencentes também ao quadro de árbitros da Confederação Brasileira de Futebol, foram submetidos aos testes físicos. Os índices dos árbitros assistentes CBF são mais rigorosos. Para os 6 percursos de 40 metros, 6,2 segundos de tempo máximo, com intervalos de 1,5 minutos. Já os 20 percursos de 150 metros, deveriam ser percorridos num tempo máximo de 30 segundos, com intervalos de 45 segundos.

Não há número limite de vagas para composição do quadro de árbitros 2015 da FCF, sendo que a Entidade trabalha para incrementar o quadro de árbitros com o máximo de integrantes possíveis. O árbitro assistente Kleber Lúcio Gil, único assistente do quadro masculino também integrante do quadro da FIFA, não participou dos testes já está no Uruguai, atuando no Campeonato Sul Americano Sub-20.

As avaliações prosseguiram no domingo (18) para o quadro de masculino de árbitros e para o quadro feminino de árbitras e árbitras assistentes. Os testes iniciaram às 8 horas, na pista FMEL. As avaliações teóricas serão realizadas no período vespertino, a partir das 14 horas.

VEJA AS FOTOS

Veja vídeo

Fonte: ANAF – Com informações de Marcelo de Negreiros – Assessor de Imprensa da FCF